Aula 5: Fund. da Técnica Psicanalítica I
 Introdução
 Tarefa
 Processo
 Avaliação
 Conclusão
 Créditos
 

CONCLUSÃO:

SEXUALIDADE INFANTIL

Pudemos concluir que faz parte da opinião popular sobre a pulsão sexual que ela está ausente na infância e só desperta no período da puberdade. Mas esse não é apenas um erro qualquer, e sim um equívoco de graves consequências, pois é o principal culpado de nossa ignorância de hoje sobre as condições básicas da vida sexual. Em estudos mais aprofundados das manifestações sexuais na infância, nos revela traços essenciais da pulsão sexual, estudo este desvenda sua evolução e nos permitirá ver como se compõe a partir de diversas fontes.

 

INCONSCIENTE

Estudamos que Sigmund Freud não foi o primeiro a fazer uso desse termo, dessa ideia. Neurologistas como Jean Martin Charcot ou Hippolyte Bernheim já falavam do inconsciente. No entanto, foi ele quem fez desse conceito o eixo condutor das suas teorias, conferindo-lhe novos significados:

  • O mundo inconsciente não está além da consciência, não é uma entidade abstrata, mas uma camada real, ampla, caótica e essencial da mente, à qual não se tem acesso;
  • No entanto, esse mundo inconsciente se revela de várias maneiras: através dos sonhos, nos nossos erros involuntários ao escrever ou falar ou nos nossos atos falhos; e
  • Assim, o inconsciente para Freud é interno e externo. Interno porque se espalha pela nossa consciência e externo porque afeta nosso comportamento.

 


© 2010 Todos direitos reservados.