INSUCESSO ESCOLAR E SUAS ORIENTAÇÕES METODOLÓGICAS
Introdução Tarefa Processo Avaliação Conclusão Créditos

Depois de um sublime sobrevoo na fundamentação teórica da temática investigactiva, tendo em conta a problemática, o problema, os objectivos, a hipótese e o objecto de investigação face à questão do absentismo laboral docente no processo docente educativo da instituição educactiva em estudo, atingimos o cume da caminhada com as seguintes conclusões:

De facto, o absentismo laboral, caracterizado pelo incumprimento das obrigações laborais pelos funcionários (professores) com ausências imprevistas, justificadas ou injustificadas, é um fenómeno social, inevitável e preocupante em todo o âmbito das organizações sociais e instituições educactivas, influenciado pelos factores individuais, organizacionais e de ordem social inter –relacionados, porém, merece ser analisado fundamente e evitado devido as suas implicações no processo docente educativo face ao insucesso escolar dos alunos da instituição estudada.

Na verdade, o professor enquanto profissional da educação e mediador do processo de ensino – aprendizagem deve cumprir, integralmente,com a sua presença, o principio do direito à educação do aluno na escola e na sala de aula face aos tempos lectivos integrais, não só de acordo às reponsabilidades pedagógicas e exigências deontológicas, mas também deve reconhecer que na sua condição de professor pertence à geração adulta que tem um legado científico, moral e cultural a transmitir.

Portanto, o aluno é o elemento central de convergência das atenções educactivas do professor, para tal, é necessário que este acentue a sua responsabilidade pedagógica, evitando o comportamento absentista na sala de aula, pois, a presença deste na classe solidifica o aprendizado do aluno, fortalece a relação pedagógica, eleva o prestígio moral e profissional, reduz a tendência ao abandono escolar, aumenta o nível motivacional e favorece os bons resultados académicos.

 


© 2010 Todos direitos reservados.