CORANTES NATURAIS
 Introdução
 Tarefa
 Processo
 Avaliação
 Conclusão
 Créditos
 

ESCOLHER PLANTAS QUE FORNEÇAM CORANTES NATURAIS E EXTRAÍ-LOS PESANDO SUAS PARTES, MACERANDO COM SOLVENTE ADEQUADO EM SEU VOLUME PARA CLASSIFICAR A SOLUÇÃO EM DILUÍDA - CONCENTRADA OU SATURADA- FILTRAR ADEQUADAMENTE PARA OBTER O PIGMENTO LÍQUIDO E SÓLIDO DO CORANTE. OS RESÍDUOS TRANSFORMÁ-LOS EM ADUBO ORGÂNICO. CALCULAR AS EXPRESSÕES DE CONCENTRAÇÃO - Concentração em Quantidade de Matéria (Cn - mol por litro), ppm, ppb, título(porcentagem em massa - T), Concentração Comum(C - gramas por litro), Fração molar do soluto e solvente(X), AGLUTINANTES E TONALIZANTES NECESSÁRIOS PARA FORMAÇÃO DOS CORANTES E FIXAÇÃO DOS MESMOS NOS TRABALHOS MANUAIS ESCOLHIDOS PARA APLICAR EM ARTES. POR FIM EM MATERIAL RECICLADO CONSTRUIR ESPACIALMENTE AS MOLÉCULAS DOS PIGMENTOS EXTRAÍDOS E SUAS LIGAÇÕES ATÔMICAS QUE EXPLIQUEM O PORQUE DA COR OBTIDA POR ESTAS MOLÉCULAS.


© 2010 Todos direitos reservados.