2 Ano Inovador. Análise Trabalho. Weber
 Introdução
 Tarefa
 Processo
 Avaliação
 Conclusão
 Créditos
 

Trabalho Visão de Weber

Alunos: Amanda Moreira, Daiane Kraus e Manoel Eberle. Série: 2ºE.M.I

 

A análise da teoria weber, tem como ponto de partida o conceito que nada é igual ou comum, ocorre uma mudança histórica. Há distinção entre quatro tipos de ação social: a ação instrumental, a ação racional, a ação afetiva, a ação tradicional. A ação é um comportamento humano, ao qual os indivíduos vinculam um significado subjetivo e a ação é social quando está direta com outro indivíduo.

 

 O principal objetivo de Weber, é compreender o sentido que cada pessoa dá a sua conduta, e perceber assim a sua estrutura inteligível e não a análise das instituições sociais como propunha Durkheim. Ou seja, a partir daí o trabalho já faz parte da natureza do ser humano, é fundamental, porém a classe dominante, vai tirar lucro exacerbado do proletário.

 

 

Dessa forma, nas sociedades cujo pano de fundo religioso era o protestantismo, por exemplo, Weber pôde identificar elementos que justificassem o desenvolvimento do que ele chamou de espírito do capitalismo o desejo de sempre querer mais, a partir da ética protestante.

 

A Reforma Protestante muda radicalmente a visão sobre o trabalho conduzindo a um pleno reconhecimento que seria o reconhecimento de Deus por sua ação. Weber procura demonstrar que, desde o início da Reforma, forma o nascimento de uma concepção espiritual do trabalho, bem como ao aparecimento de uma ética profissional, as quais constituíram um aspecto central do espírito do capitalismo, que favoreceu seu desenvolvimento no Ocidente.

Referências:  https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Max_Weber

https://cafecomsociologia.com/o-conceito-de-trabalho-em-max-weber/

http://mundoeducacao.bol.uol.com.br/sociologia/max-weber.htm

 

 


© 2010 Todos direitos reservados.