Investigação Neuropsicolingüística da LIBRAS
Introdução Tarefa Processo Avaliação Conclusão Créditos

A realidade dos sujeitos surdos, no que concerne ao desenvolvimento da linguagem e aquisição da leitura e escrita da Língua Portuguesa, evidencia dificuldades de compreensão semântica dos processos envolvidos na produção e recepção de mensagens.

          O ensino especializado e bilíngüe em ambiente que preconiza a utilização efetiva de uma língua tridimensional – a Língua Brasileira de Sinais – numa abordagem semiológica, não garante satisfatoriamente reminiscências abrangentes ao significado das palavras e conceitos enquanto habilidade comunicativa.

       Estas situações trazem indagações:

O que é Educação Bilingue para Surdos?

Como se dá o processamento da memória semântica envolvendo a recuperação do sentido das palavras nos sujeitos surdos, a partir do processo de leitura e significação?

Como se configuram?

 


© 2010 Todos direitos reservados.