Aula 03: Teoria Psicanalítica – Freud III e IV
Introdução Tarefa Processo Avaliação Conclusão Créditos

Caros alunos, bem vindos à aula 03 (três) do nosso curso de formação em psicanálise contemporânea.

Estamos dentro de uma construção dinâmica e orgânica de formação, onde as duas aulas anteriores nos fizeram entender, que somos resultado das manifestações, nem sempre, conscientes das histórias que vivemos. Somos parte do apodrecimento processado destas histórias singulares e transgressoras. Somos a parte significante do signo apodrecido, não menos valoroso, que revitaliza nossa existência e nos fortalece como sujeitos da escuta.

O filme "Um Método Perigoso" de David Cronenberg, que iremos ver e debater nesta aula, mostra o difícil relacionamento entre Sigmund Freud (personificado por Viggo Mortensen) e Carl Jung (Michel Fassbender). Sigmund Freud e a psicanálise se popularizaram de tal forma que suas idéias são, muitas vezes, veiculadas de modo errôneo e distorcido, como tudo que passa por um processo de grande divulgação, em especial numa sociedade de massa, como já se vivia no início do século XX. Assim, é preciso, antes de mais nada, esclarecer o significado dessa expressão. O que é psicanálise? Em primeiro lugar, uma teoria que pretende explicar o funcionamento da mente humana. Além disso, a partir dessa explicação, ela se transforma num método de tratamento de diversos transtornos mentais. São dois os fundamentos da teoria psicanalítica: 1) Os processos psíquicos são em sua imensa maioria inconscientes, a consciência não é mais do que uma fração de nossa vida psíquica total; 2) os processos psíquicos inconscientes são dominados por nossas tendências sexuais.


© 2010 Todos direitos reservados.