MEIOS AUXILIARES DE LOCOMOÇÃO: CONCEITOS E TIPOS
Introdução Tarefa Processo Avaliação Conclusão Créditos


Warning: getimagesize(pastas/14923/SEM IMAGEM) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/webquestfacil/www/introducao.php on line 20

 

™Entre as pessoas com deficiência algumas apresentam dificuldade de locomoção, devido à dor, fadiga, deficiência de equilíbrio, instabilidade articular, fraqueza muscular ou obesidade. Para essas pessoas os dispositivos auxiliares de marcha, ou de locomoção, são capazes de compensar ou minimizar estas alterações, sejam elas temporárias ou permanentes, permitindo caminhar com maior segurança, rapidez e menor gasto energético (FERREIRA, 2010; RAGNARSSON, 2002; SAAD, 2007a).
™É importante que a pessoa com deficiência (PCD) com indicação de uso de um desses dispositivos auxiliares de locomoção seja encaminhada ao serviço de reabilitação para ser orientada e treinada pela equipe no uso correto do equipamento prescrito.
™Este capítulo aborda os principais meios auxiliares de locomoção (bengalas, muletas, andadores e cadeiras de rodas) destacando algumas orientações e cuidados à PCD em uso desses dispositivos e os cuidados a serem dispensados ao equipamento.
PRINCIPAIS MEIOS AUXILIARES DE LOCOMOÇÃO 
™Bengala 
™   As bengalas são meios auxiliares de locomoção utilizadas em uma mão. Esses dispositivos podem ser feitos em madeira (são de tamanho fixo, mais pesado e mais barato) ou alumínio (mais caras, leves e resistentes, com regulação de tamanho por meio de mecanismo de trava com pinos de pressão).

 É indicada para casos de desequilíbrio leve e quando há dor ou fraqueza de membro inferior unilateral.

 


© 2010 Todos direitos reservados.