Cultura afrodescendente: a dança Maculelê
Introdução Tarefa Processo Avaliação Conclusão Créditos

INTRODUÇÃO

A Lei 10.639/03  alterada pela Lei 11.645/05  torna obrigatório o ensino de história e cultura afro-brasileira nas escolas públicas e privadas  do ensino fundamental ao ensino médio no Brasil. A citada Lei busca romper com ideias equivocadas  a respeito dos  povos afriacanos construida ao longo do tempo, tais ideias que trazem a imagem dos povos africanos apenas como negros escravizados e desprovidos de cultura. Sabemos que os povos africanos chegaram ao Brasil na época da colonizaçao. Portanto, a chegada dos povos africanos influenciaram de forma significativa na formação cultural brasileira.

O ensino da cultura afrodescendente  no interior escolar busca  ampliar o conhecimento dos educando a respeito do continente africano, apresentando as riquezas  culturais existentes no local e mostrande como elas se apresentam no Brasil. Muitos estados brasileiros apresentam fortemente em diversos aspectos marcas da cultura africana  entre eles podemos citar o estado da Bahia que apresentam caracteristicas da cultura africana principalmente na religião e na culinária.  

No entanto, dentre os aspectos da cultura afrodescendente, as artes se destacam significativamente no Brasil. As diferentes expressões artísticas principalmente a dança se expandem por todo território brasileiro.  O envolvente gingado da capoeira é uma das expressões artísticas mais praticadas no Brasil. As danças e ritmos musicais africanos provêm de lendas e mitologias africanas. O Maculelê é uma lenda africana que traz um fascinante ritmo de dança que faz parte do folclore brasileiro. A dança envolve movimentos de defesa corporal e a utilização de dois bastões de madeiras chamados de grinas que são usadas de acordo com o ritimo da música. 

   


© 2010 Todos direitos reservados.