Metodologia do Ensino Superior
Introdução Tarefa Processo Avaliação Conclusão Créditos

Contextualização do ensino superior A história da educação e das práticas docentes no Brasil teve início em 31 de março de 1549 com a chegada dos jesuítas, primeiros educadores na época colonial, que tinham como principal objetivo a formação do índio pela base cristã, a catequização. Importante observar que a elite colonial recebia um ensino diferenciado, muito mais rígido e menos solidário. Nesse período, segundo Ferro (2007), a educação não era valorizada socialmente e servia de instrumento de dominação e aculturação dos nativos colonizados. Além disso, conforme pontua o autor, devido ao choque cultural entre os nativos e os europeus, e também ao desinteresse da Coroa pela educação dos índios, aos poucos as escolas passaram a ser privilégio dos brancos. O padre José de Anchieta e o padre Manoel de Nóbrega foram os primeiros missionários jesuítas, vindos de Portugal para o Brasil que, por meio da catequese, introduziram a língua do colonizador ao índio, não só objetivando a comunicação entre línguas diferentes, mas também como forma de civilizar o índio. Com o passar do tempo, esses missionários religiosos exercem grande influência sobre os nativos da terra e certa independência do Estado e também da própria Igreja, e acabaram expulsos do Brasil, por divergências com o novo governo, representado na figura de Sebastião José de Carvalho e Melo, o Marquês de Pombal. 8 Com a expulsão dos jesuítas, em 1759, e o fechamento dos colégios jesuíticos, o Brasil ficou treze anos sem desenvolver qualquer atividade educacional, o que representa um retrocesso para a educação e um atraso na implantação do ensino superior. A educação no período colonial, segundo Brandão (1997), é dividida em duas fases: 1) Período Jesuítico: escola organizada para servir aos interesses da Igreja e 2) Período Pombalino: escola organizada para servir aos interesses do Estado. Historicamente, as instituições de Ensino Superior no Brasil tiveram um desenvolvimento tardio comparando-se com a América Espanhola e Inglesa, que tiveram acesso a esse nível de ensino ainda no período colonial. No Brasil, a implantação das primeiras instituições de nível superior data do final do século XIX, em virtude da chegada da família real portuguesa em 1808. Desde então, inúmeras mudanças ocorreram no cenário educacional de Ensino Superior.


© 2010 Todos direitos reservados.