UNIDADE DIDÁTICA - PROPOSTA
 Introdução
 Tarefa
 Processo
 Avaliação
 Conclusão
 Créditos
 

Tema: As redes sociais como instrumento de mobilização no mundo real: O movimento Black Lives Matter.

Contextualização: Em 2020, após o assassinato de George Floyd, homem negro, após uma intervenção policial, teve início nos Estados Unidos o movimento Black Lives Matter, provendo ações e discussões sobre a pauta racial em âmbito mundial. Várias vozes ao redor do globo se uniram, comecando pelas redes sociais, com postagens que continham #blacklivesmatter e, depois, tomando as ruas para lutar contra a violência, a discriminação racial e o preconceito. Em diversos países, as ações foram contextualizadas para retratar as situações vivenciadas rotineiramente pela população negra, incluindo constrangimento, violência e morte. Nunca como agora foi tão necessário discutir as questões étnico-raciais e trabalhar nas escolas a Educação Antirracista, visando a realmente promover algum tipo de transformação social nessa estrutura que foi construída por meio de discursos racistas, excludentes e discriminatórios contra a negritude. Considerando o fato do livro didático ser amplamente utilizado pelos professores da Educação Básica, muitas vezes, exercendo até mesmo voz de autoridade em sala de aula (TÍLIO, 2016), ele pode ser uma poderosa ferramenta de transformação, se utilizado pelo viés crítico. Por isso, esta unidade didática procura seguir os pressupostos da perspectiva sociointeracional crítica (TÍLIO, 2019; s/a).


© 2010 Todos direitos reservados.